Filmes que erraram em detalhes históricos ou falhas de figurino/edição!

Mais uma listinha de filmes que pecaram em detalhes pequenos, mas que não passaram despercebidos!!!

Todo mundo sabe que os custos para produção de filmes pode ser muito alto, fazer filmes, principalmente os mais comerciais, custam muito dinheiro. Justamente por isso é tão surpreendente quando notamos qualquer erro na versão final que passa no cinema, esses erros podem ser desde uma imprecisão histórica ou falta de supervisão na edição. Essa busca por erros acaba se tornando um tipo de jogo, e existem alguns fãs muito dedicados que estão à procura de tais erros de forma muito atenta. É fácil apontar os erros dos outros, mas, sejamos honestos, também perdemos isso quando vimos tais erros pela primeira vez.

Lendas da Paixão – O Cabelo Do Brad Pitt Era Muito Certinho

Neste filme com estilo faroeste, Brad Pitt interpretou um lindo cowboy, o ser papel era o de Tristan Ludlow,  filho do meio  e o rebelde sensível  de uma família de fazendeiros em Montana. O filme é situado no início do século 20, e por conta disso, muitas pessoas criticaram o estilo. As lindas madeixas loiras de Pitt ficavam soltas em um estilo ondulado que lembrva mais os anos 60 do que a época em que o filme retratava. Alguns também mencionaram que ter a barba sempre feita não seria aceitável para aquela época.

Coração Valente – A Saia Escocesa De Mel Gibson Não Existia

Quem não conhece esse filme tão aclamado pela crítica? Pois bem, esse é outro filme clássico. A história se passa na Escócia medieval e o detalhe aqui é que a tradição de usar kilts só começou no final do século XVII. Esse figurino, apesar de ter se tornado icônico, está completamente desfundado dos padões da época na realidade.

Django Livre – Os Óculos De Sol Não Existiam Nessa Época

Apesar da popularidade desse filme, onde Tarantino superou as expectativas com esse drama de vingança durante a Guerra Civil, Django Livre ainda sim apresenta várias falhas. Uma delas era o fato de o personagem principal usar óculos escuros. Esse típo de óculos só seriam produzidas em massa em 1929. No entanto, os fãs não se importam, pois as cenas icônicas do filme trazem uma espécie de identificação entre o público e as personagens. Podemos interpretar isso como licença poética não é mesmo?

Um Milhão de Maneiras de Pegar na Pistola – Charlize Não Se Controlava e Xingava Até Rir

Charlize Theron ficou tão mal-humorada com as suas fala no roteiro que suas palavras simplesmente saíram como bombas e então toda a equipe começava a rir. Com certeza deve ser péssimo esquecer suas falas em um filme, já que é apenas o seu trabalho memorizá-las! Também vale a pena ressaltar que deve ser muito difícil quando você precisa memorizar frases como se estivesse saindo de moda.

Os Intocáveis – Não Existiam Lapelas Ainda

Os Intocáveis ​​continua sendo uma obra-prima, sendo um filme de gangsters incomparável dos anos 80, não tem como negar sua relevância. Porém, os espectadores com olhos de águia foram capazes de encontrar uma falha seríssima no figurino que Costner usa como agente Ness. O item em questão tinha uma lapela, que só entraria em moda anos mais tarde.

A Outra – O Cabelo Das Protagonistas Precisavam Estar Escondido

Esse caso é fruto de descaso com pesquisa histórica, ou uma escolha que justifique a transgressão do figurino. O objetivo do capuz francês que as mulheres usavam durante o período Tudor era de encobrir a cabeça. O cabelo devia ser puxado para trás e escondido por baixo dele. No entanto, os cabelos de Natalie Portman e Scarlett Johansson estavam ambos expostos em determinados momentos do filme, tornando a peça pouco mais do que um adorno para a cabeça. Descaso ou transgressão?

O Resgate Do Soldado Ryan – As Botas Pretas

Este é outro filme icônico que marcou história, mas não é um filme perfeito. O Resgate do Soldado Ryan definiu o padrão para os filmes de guerra modernos. Somente os sem coração podem alegar que não se emocionaram. Porém, uma de suas falhas é evidente nas botas pretas que Matt Damon ostenta durante a maior parte do tempo do filme. Na realidade, essas botas só seriam usadas cerca de uma década depois. Só rindo!

Robin Hood: O Príncipe Dos Ladrões – Ainda Não Existia O Telescópio

O conto de Robin Hood se passa durante o século XII, tem uma cena específica no filme em que os personagens de Morgan Freeman e Kevin Costner usavam um telescópio, porém a criação e uso deste objeto de observação foi um pouco precoce demais.  Esse uso era impossível cronologicamente, uma vez que o dispositivo foi inventado apenas nos anos 1600.

O Discurso Do Rei – Uso Do Kilt

Quem não foi cativado pela história do rei George VI retratada nesse filme? O Discurso Do Rei levou para casa o Oscar de Melhor Filme em 2011 e realmente mereceu. Porém, especialistas profissionais na pesquisa sobre kilts podem não compartilhar o mesmo sentimento. Os especialistas conseguiram identificar que o design do kilt não é apenas inapropriado para 1997, mas a vestimenta e também é irlandêsa, em vez do padrão Escocês retratado no filme.

Prenda-Me Se For Capaz –  O Aparelho Fixo Ainda Não Tinha Sido Inventado

O caso em questão: a personagem de Amy Adams usava no filme aparelho fixo, apesar do filme acontecer em 1963. Os aparelhos ortodônticos só seriam introduzidos na década de 1970. Este filme apresenta um elenco repleto de estrelas, um enredo emocionante e a direção de Steven Spielberg. Apesar de tudo isso, a história de Frank Abagnale Jr. não foi contada sem erros.

Os Dez Mandamentos – O Vestido De Nefertiri É Muito Moderno Pra Época

Esse filme apresentou diversas liberdades artísticas quando se trata da trama, no entanto até o guarda-roupa trouxe várias inconsistências históricas. O épico drama religioso de 1956 ainda é visto regularmente durante a epóca da Páscoa.  A personagem de Anna Baxter usava um vestido em uma linda cor azul que seria impossível de fazer na época. Independentemente disso, ela fez de Nefertiti uma beldade para contemplar a roupa previamente mencionada.

Uma Linda Mulher – A Mudança De Comprimento Do Vestido de Vivian

Mesmo que você não seja a pessoa mais observadora na sala, esse erro com certeza você conseguirá notar. Quem pode esquecer o primeiro beijo compartilhado por Vivian e Edward? No entanto, não é um momento perfeito. Você pode ver no início da cena que Vivian está vestida com uma camisola longa. Magicamente o figurino se torna mais curto na medida que a cena avança.

BayWatch – As Roupas de Banho

Sucesso de televisão nos anos 90, Baywatch também resultou em um filme, porém, a maioria dos fãs concorda que o original é insubstituível. Mas mesmo em shows em que o elenco e os diretores passam horas ensaiando as falas e preparando as cenas perfeitas, erros podem acontecer. Baywatch não foi uma exceção a isso com sua escolha de figurinos. Bem, achamos que longas horas no sol podem realmente alterar a mente de alguém. Será por isso que os erros aconteceram? Nos indagamos.

O Retorno da Múmia – Uma Saia  Inapropriada Para Lutar

Nefertiri e Anck Su se enfrentam no verdadeiro estilo de luta até a morte em uma das cenas de batalha mais épicas da história do cinema. As duas mulheres fizeram uma performance impressionante, conseguindo dominar a arte da guerra com paus e espadas, enquanto uma multidão assombrada observa dentro das câmaras do faraó. Porém, aqui temos um problema, as saias que as duas usavam durante o duelo eram um pouco reveladoras demais, mostrando algumas roupas íntimas que eram de séculos antes de seu tempo. Mas, mesmo assim ainda é uma luta bastante impressionante independente de inadequada!

Mulher Maravilha – Um Figurino Desconfortável

Parece que os figurinos desse filme eram bastante desconfortáveis. As roupas eram especialmente difíceis ​​de tirar quandoas atrizes precisavam de uma pausa para ir ao banheiro. “Lembro de me vestir e por ser tão apertado que não conseguia respirar. Mas fiquei tão agradecida por interpretar a Mulher Maravilha que não disse nada ” Gal Gadot, a própria Mulher Maravilha contou à mídia. Vale ressaltar também que o filme foi filmado durante o inverno,  onde as temperaturas chegam abaixo de zero! Gal estava apenas com seu traje com pouco tecido. Ela diz aos fãs que, entre as cenas, ela colocava a capa sobre o aquecedor para se aquecer. Esse sacrifício valeu a pena!

Dirty Dancing – Os Shorts De Baby

Lançado em 1987 este é outro filme que se torou cássico mas que falhou ao retratar a época em que a história se passa, o ano de 1963. Pode ter sido convincente para a maioria, mas os espectadores observadores poderão perceber que os shorts jeans de Baby não são dessa época! Historicamente falando, essa vestimenta só entrou em moda nos anos 80. No entanto, este pequeno passo em falso não impediu o filme de causar um impacto duradouro no público. Quem pelo menos não tentou copiar os movimentos de dança e se apaixonou pelo menos pouco pelo casal principal? Maravilhoso!

John Carter – Os Sutiãs Esportivos

John Carter, da Disney, infelizmente recebeu uma série decríticas negativas,  e também cometeu um erro gritante de figurino que simplesmente não podemos deixar de ver. Durante a cena de “resgate de princesas”, Dejah Thoris (Lynn Collins) impressiona John Carter quando ela derrota um exército de inimigos que se aproxima. Esse filme tinha todas as características de um filme vencedor de ficção científica, no entanto recebeu uma recepção triste. Infelizmente, o orçamento massivo que foi alocado não fez muito sucesso para o público que avaliou 5/10 barato. Mas o público ficou um pouco menos impressionado com a visão de seu sutiã esportivo muito moderno por baixo da roupa da atriz ao interpretar a cena.

Orgulho e Preconceito – As Botas De Borracha

Indo direto ao ponto, as galochas de chuva de borracha só surgiram cerca de 40 anos depois da época do filme! Orgulho e Preconceito recebeu muitos elogios por suas belas imagens e pela história de amor inigualável de Lizzy Bennett e Mr. Darcy. Porém, o romance homônimo de Austen foi ambientado no período da Regência e Keira Knightley não deveria estar usando botas de borracha. Pode aparecer uma decisão estética até mesmo interessante, mas não está de acordo com a realidade histórica.

Pearl Harbor – Pernas Nuas Inapropriadas

Pearl Harbor não é uma exceção quando falamos em filmes  desta lista eque retratam a Segunda Guerra Mundial e cometem erros. Independentemente da intenção dos diretores do filme, os anos 40 eram simplesmente muito cedo para as pernas nuas. Durante essa época, era considerado escandaloso demais para uma mulher sair de casa e usar saia sem meias calças.

Tempo de Glória – Um Relógio Digital Na Guerra Civil, Uhn?

Esse erro salta os solhos e você não precisa ser um especialista para perceber esse no guarda-roupa. Um relógio digital não tem lugar em nenhum filme da Guerra Civil. Os relógios de pulso foram introduzidos no final do século 19, décadas após a época que o filme retrata, vale ressaltar que esse tipo digital que conhecemos hoje só entrou em moda na década de 1970! Alou edição!

Gostaram?
Curtam, comentem, compartilhem… Um Lhabraço da CHER…

Fonte: Restwow


compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
error: Conteúdo Protegido !!

A gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade